15 de abr de 2012

A estrada

Para ler ouvindo Lady Gaga - Marry the night.

***

Então você está com medo de perder essa sua "nova liberdade"?


Precisei ir bem longe para entender, de forma prática, que a vida muda. Dez horas para ir, doze para voltar.

Para ir, a expectativa. Live, veloz e solitária numa estrada escura. A chegada: espera, dedos frenéticos e o abraço. Amigos, amigos, amigos... Mais e mais!

O legal de se trilhar caminhos desconhecidos é que tudo, absolutamente TUDO é descoberta. Em quase treze anos de estrada "conhecida" eu nunca me senti tão bem ao escolher um novo caminho para meus desejos.

***

Há o medo. Há o escuro. Há o pânico instalado por olhos e garras por trás da vegetação.

E há, atrás de mim, o brilho de farois para iluminar o caminho. É bom saber que não estou só.

Uma coisa é certa: trilhar este caminho, agora, é uma questão de honra.

***

Nunca pensei tanto na resposta mais adequada à pergunta da foto. Depois de tanto tempo "preso", é realmente libertador ser dono de mim.

Mudei? Sim. Pra melhor? Talvez.

Os tombos são cada vez menores, as pingas são cada vez mais bem dosadas. O que não me isenta de ainda sentir, vez ou outra, aquela ressaquinha chata no dia seguinte.

Quem quiser que me acompanhe: eu não espero mais ninguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário